segunda-feira, 12 de outubro de 2009

BUGS BUNNY

Bugs Bunny é um coelho cinzento ficcional, personagem das séries de animação Looney Tunes e Merrie Melodies, produzidas por Leon Schlesinger Productions, que tornar-se-ia Warner Bros. Cartoons em 1945. É uma das personagens mais conhecidas no mundo todo, sendo que, em 2002, foi escolhido pela revista TV Guide como o maior personagem de desenho animado de todos os tempos.
É ícone do estúdio Warner Bros. Sua primeira aparição foi em 1938, em um desenho chamado "A caçada de Gaguinho ao coelho", ou Porky's Hare Hunt. Apareceu com o nome Happy Rabbit e tinha uma risada parecida com a do Pica-Pau.
Pernalonga é apaixonado por cenouras e, sempre engraçado e confiante, em vez de fugir, enfrenta seus adversários, pois é muito esperto. Seu bordão é "What's up, Doc?", que na dublagem brasileira teve várias traduções, como "Que é que há, chefe?", "Qual é o pó, doutor", "O quê que há, doutor?", até chegar ao bordão definitivo: "O que é que há, velhinho?".




Bernardo





















Nenhum comentário:

miau...miau...

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Endangered Animal of the Day

Ocorreu um erro neste gadget

Direito à imagem

DIREITO À IMAGEM (Artigo 79º)
Artigo 79.º (Direito à imagem)1- O retrato de uma pessoa não pode ser exposto, reproduzido ou lançado no comércio sem o consentimento dela; depois da morte da pessoa retratada, a autorização compete às pessoas designadas no n.º2 do artigo 71.º, segundo a ordem nele indicada.2- Não é necessário o consentimento da pessoa retratada quando assim o justifiquem a sua notoriedade, o cargo que desempenhe, exigências de polícia ou de justiça, finalidades científicas, didácticas ou culturais, ou quando a reprodução da imagem vier enquadrada na de lugares públicos, ou na de factos de interesse público ou que hajam decorrido publicamente.3- O retrato não pode, porém, ser reproduzido, exposto ou lançado no comércio, se do facto resultar prejuízo para a honra, reputação ou simples decoro da pessoa retratada.in
http://www.aacs.pt/legislacao/codigo_civil.htm